Moby critica Kesha e Britney Spears

O produtor e cantor Moby  que se tornou conhecido quando em 2000 o seu álbum vendeu mais de 10 milhões de cópias disse que a palavra “música” é utilizada erradamente ao definir o que fazem nomes com Britney Spears, Rihanna e Black Eyed Peas.Moby afirma que os temas da cantoras são “divertidos”, mas que não podem ser considerados música.

Considerando ele mesmo um cantor pop, não se mostra  fã dos artistas que dominam as tabelas actualmente.

Em entrevista à revista Spinner o cantor de 45 anos afirmou:

“Música é algo que comunica emoção e integridade de uma maneira realmente interessante e direta. E quando ouço esta música pop encontro apenas um produto comercial hiperproduzido. Nem sequer é uma crítica; acho é que chamar-lhe ‘música’ é um abuso”.

Opiniões à parte a verdade é que Moby trabalhou com Britney Spears co-produzindo o álbum “In The Zone”,  lançado pela cantora em 2003 que considera “destruída” pela sua “fama precoce“mas admite que essa decadência faz parte do seu encanto.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s